Toscana (4° dia): Montepulciano / Chiusi / Sarteano / Monticchiello / Pienza / Montalcino

Dia04_Montepulciano_Montalcino

Este foi, provavelmente, o dia mais longo da viagem. Tomamos o café e caminhamos um pouco mais por Montepulciano. Fomos visitar a parte baixa da cidade, que não havíamos visto na tarde anterior. O hotel que nos hospedamos está localizado no começo da vila, na parte superior, onde fica a Piazza Grande e alguns poucos restaurantes. A maior parte das lojas e restaurantes fica nesse outro lado da cidade,alguns poucos minutos de caminhada da Piazza.

Montepulciano_Foto05

Rua principal da parte baixa da cidade de Montepulciano…

Montepulciano_Foto06

…onde fica a maior parte das lojas e restaurantes

Montepulciano_Foto07

Fachada da ‘Chiesa di Santa Lucia’

Montepulciano_Foto08

Interior da ‘Chiesa del Gesu’

 

Depois começamos o percurso do dia. A ideia era chegar a Montalcino, onde havíamos reservado hotel para as duas noites seguintes. O primeiro destino foi Chiusi, um amigo havia falado sobre esta cidade e decidimos conhecer. Chiusi foi importantíssima na época etrusca quando era conhecida como Chamars. O centro histórico é bonitinho mas bem pequeno e não tem tantos atrativos como Montepulciano. Caminhamos pelas ruas por algum tempo e  aproveitamos para fazer um lanche em um café na rua principal antes de pegar a estrada que levava ao Lago de Chiusi. O Lago fica a mais ou menos 5Km da cidade, possui alguns restaurantes, área de camping mas não é permitido o banho.

Chiusi_Foto01

Museo Archeologico Nazionale Etrusco

Chiusi_Foto02

Piazza Carlo Baldini, no centro histórico de Chiusi

Chiusi_Foto03

Cisterna Romana, Torre Campanara

Chiusi_Foto04

Algumas esculturas do Museo Archeologico Nazionale Etrusco

De lá seguimos em direcao a Sarteano. Não pretendiamos parar, mas a cidade chamou a atenção e acabamos estacionando o carro e caminhando pelas ruelas da cidade de pedra. Tentamos visitar o Castello di Sarteano que fica no alto da vila, mas estava fechado, só abriria uma hora mais tarde. Fora dos muros, a cidade é relativamente grande e bem-estruturada.

Sarteano_Foto01

Castello di Sarteano

Sarteano_Foto02

Chiusa de San Lourenzo

Sarteano_Foto03

Garrafa d´agua na porta de uma das residências

Sarteano_Foto04

Vista de uma das ruas da cidade antiga de Sarteano

Uma das coisas que nos chamou a atenção foi o fato de haver uma garrafa de água na porta de quase todas as casas da vila. Infelizmente, como era a hora do almoço não encontramos ninguém para perguntar o porquê daquelas garrafas d´água.

Depois de alguns erros conseguimos encontrar a pequena estrada que ligava Sarteano a Monticchello, passando por Castiglioncello del Trinoro. Usar mapa físico (de papel) tem seu lado bom, você acaba encontrando alguns caminhos que nem sempre são indicados pelo GPS.

A estrada de asfalto desapareceu dando lugar a uma estradinha de terra e, de repente, no meio da poeira, a grande surpresa do dia. Sabe aquela paisagem que você ve em quase todas as matérias que falam da Toscana, uma estradinha cheia de curvas e com ciprestes em toda a sua extensão?

Pois e, e lá estava ela! Pena que o dia estava nublado e a visão não foi tão bonita como nos cartões-postais, mas mesmo assim, ela é linda e encantadora! Paramos o carro, claro, para fotografar, e seguimos em direção a Monticchello.

Estrada_Sarteano_Foto01

Estrada entre Sarteano e Castiglioncello del Trinoro

Estrada_Sarteano_Foto04

Trator preparando a terra para a próxima plantação

Estrada_Sarteano_Foto05

Mesmo com o tempo nublado, a paisagem é muito bonita

Monticchiello é outra pequena cidade medieval no alto da montanha. Um portal enorme construído no século XIII separa a centro histórico da parte nova da vila.  Dentro do muro algumas casas, muitas delas transformadas em pousadas, restaurantes ou pequenas lojas que vendem artesanato local. A vila é muito pequena, em 30 minutos de caminhada é possível ver todos as suas atrações.

Monticchiello_Foto01

Porta di S. Agata (século XIII) na entrada da cidade

Monticchiello_Foto02

Uma das casas de Monticchiello

Monticchiello_Foto04

Interior da Chiesa dei Santi Leonardo e Cristoforo

Monticchiello_Foto03

Altar da Chiesa

De Monticchiello pegamos outra estrada de chão em direção a Pienza.

Pienza é conhecida como a cidade dos artistas. A parte nova da vila é bem moderna e a parte antiga, entre os muros, é muito bonitinha, com várias lojas de produtos locais (queijo, prosciutto, produtos de beleza e de cerâmica). Pienza também é famosa por ser a região que produz o melhor queijo pecorino da Itãlia. Depois de uma pausa para tomar um Spritz. uma das bebidas típicas da Toscana, era hora de pegar a estrada para Montalcino.

Pienza_Foto01

Portal de entrada do centro histórico de Pienza

Pienza_Foto02

PIazza Pio II, no centro da vila

Pienza_Foto03

Nas lojas de produtos regionais é possível comprar vários tipos de pasta…

Pienza_Foto04

…e o famoso queijo Pecorino

Ficamos em um Bed&Breakfast bem bacana mas não muito central. E, pior, para chegar ao centro tínhamos que subir uma escada de mais ou menos uns 100 degraus. Depois de tanta estrada, era hora de jantar e cair na cama. Escolhemos um restaurante que a dona da pousada nos indicou, muito bom por sinal. David pediu um prato típico (frango cozido no vinho)  e eu pedi uma pizza.

Montalcino_Foto02

Frango cozido com vinho e …

Montalcino_Foto01

…uma bela pizza para terminar o dia!