LAVAUX: uma das maiores regiões vinícolas da Suíça

Lavaux (Switzerland) / Lavaux (Suíça)De um lado, as águas calmas e cristalinas do Lago Léman;  do outro, um terreno íngreme sobre o qual inúmeras parreiras – quase que penduradas nas encostas de pedras –  dividem espaço com vilarejos pitorescos, escadarias muito estreitas e pequenos caminhos que permitem ao visitante apreciar o lugar de diferentes ângulos.  Ao fundo, a visão deslumbrante das montanhas francesas. E para completar toda essa paisagem, vinho, muito vinho! Assim é Lavaux, um passeio imperdível para quem visita Genebra, na Suíça.

Considerada patrimônio cultural da Unesco desde 2007, categoria “Paisagens Naturais”, Lavaux é uma das maiores regiões vinícolas da Suíça.

Lavaux (Switzerland) / Lavaux (Suíça)

A técnica denominada “Terraceamento” (utilização de muita mão-de-obra e pouca mecanização) permite que a região produza um dos melhores vinhos brancos suíços, robustos e mineralizados, feitos com um tipo de uva chamado “Chasselas”.

A região é privilegiada pela presença abundante do sol.  O cultivo da uva sofre a influência de três diferentes fontes de calor: a luz do sol, propriamente dito; o reflexo dos raios solares no lago e, ainda, o calor produzido pelo reflexo do sol nos muros de pedra dos terraços. Por esse motivo a região também é conhecida como  “País dos três Sóis” (Pays de trois soleils).

Mapa_Producao_Lavaux

Lavaux é composta oito regiões produtivas, cada uma se destaca por um tipo diferente de vinho: (1) Lutry; (2) Villette; (3) Epesses; (4) Calamin Grand Cru; (5) Dézaley Grand Cru; (6) St-Saphorin; (7) Chardonne e (8) Vevey-Montreux.

Onde fica Lavaux e qual a melhor época para visitar?

A Região de Lavaux compreende uma faixa de 830 hectares nas encostas íngrimes do Cantão de Vaud, entre as cidades de Lausanne e Vevey.

A melhor época do ano para visitar a região é de Abril a Outubro, quando a temperatura é mais amena e os dias ensolarados.

Os meses de Setembro e Outubro, sem dúvida alguma, são uma época especial para visitar a região. É nesta época que as folhas das parreiras ganham um tom amarelo-alaranjado que deixa o visual do lugar simplesmente magnífico.

Segundo alguns moradores, caso você esteja por perto durante o inverno, tenha neve e faça um dia de sol, certamente o passeio valerá a pena também. Mas, se o dia estiver cinzento, melhor escolher outro destino.

Lavaux (Switzerland) / Lavaux (Suíça)

Como chegar à Região de Lavaux?

Chegar à região de Lavaux é muito simples e pode ser feito de diversas maneiras:

  • De carro: para chegar à região, você deve utilizar a Autoestrada E62 (Autoroute du Rhône) e seguir a sinalização na direção de Belmont, Lutry, Chexbres ou Vevey. Qualquer uma das saídas permite o acesso aos vinhedos. Há cinco áreas de estacionamento (Cully, Lutry, Vinorama, Chexbres ou Vevey) onde você pode deixar o carro e caminhar um pouco pelas trilhas ou, simplesmente, apreciar a paisagem. Basta seguir a sinalização;
  • De ônibus: a partir de Lausanne você pode utilizar o ônibus número ‘9’ em direção a Lutry ou o número ’66’ em direção a Grandvaux. A partir de Pully, o ônibus é o de número ’47’, que vai em direção a Grandvaux. Informações sobre horários podem ser encontradas aqui;
  • De barco: como a região de Lavaux está à beira do Lago Leman, você pode chegar até lá de barco. Se o dia estiver ensolarado, sem dúvida será um passeio maravilhoso. As cidades onde você pode desembarcar são Lutry, Cully ou Rivaz-St-Saphorin. Mais informações podem ser encontradas aqui;
  • De trem: a partir de Genebra não há trem direto até os vinhedos de Lavaux. Para se chegar a qualquer cidadezinha da região é preciso fazer uma conexão na estação de Lausanne.  A viagem tem a duração de mais ou menos uma hora. Confira os horários e valores na página da SBB;

Lavaux (Switzerland) / Lavaux (Suíça)

Pelos vinhedos de Lavaux…

Apesar de ser uma região bastante inclinada, o passeio pelos vinhedos é muito fácil e pode ser feito por qualquer pessoa com um preparo físico mínimo. O percurso é considerado de dificuldade média com alguns trechos um pouco mais inclinados, mas todas as trilhas são pavimentadas e de fácil acesso. Para quem prefere um passeio mais calmo e confortável, eu sugiro que utlilize o trem. Mas atenção, os trens turísticos que fazem o percurso dos vinhedos só funcionam de abril a novembro.

  • Lavaux Express: um ‘trenzinho’ de pneus de borracha que faz o percurso três ou quatro vezes por dia (depende do mês). Existem três opções de percurso, com início nas cidades de Lutry ou Cully. Uma delas inclui a degustação de vinhos. Confira mais informações sobre o Lavaux Express clicando aqui.
  • Lavaux Panorâmico: o trem panorâmico funciona aos finais de semana. O ponto de partida é a cidade de Chexbrex e durante o passeio são visitadas as cidades de Chardonne, Rivaz e St-Saphorin. No período de 12/06 a 24/09 a viagem é realizada, também, às quartas-feiras e o percurso é um pouco diferente. Para mais informações, clique aqui.

Lavaux (Switzerland) / Lavaux (Suíça)

Mas, se você gosta de um pouco mais de adrenalina vale a pena fazer o passeio de bicicleta. Você pode alugar a bicicleta nas estações de trem de Lausanne e Montreaux (http://www.rentabike.ch/) e fazer o passeio do seu jeito ou, ainda, fazer o passeio oferecido por agências com guia e algumas opções de degustação de vinhos inclusas no passeio.

Nós preferimos fazer o passeio a pé, aproximadamente 18km, de Cully a Saint-Saphorin. Confira aqui a nossa aventura.