Estação de Trem São Bento | Cidade do Porto | Portugal

Fachada da Estação de Trem São Bento

Fachada da Estação de Trem São Bento

Não é à toa que a Estação de Trem de São Bento, na cidade do Porto, foi considerada uma das 14 estações de trem mais belas do mundo pela revista norte-americana Travel+Leisure, em 2011. Ela é simplesmente imponente por fora e muito linda por dentro!  Além da bela fachada de pedra e telhados de mansarda* – inspiradas na arquitetura parisiense do Século XIX – as paredes internas da estação exibem uma verdadeira obra de arte, um painel de azulejo que cobre uma superfície de aproximadamente 551 metros quadrados e deixa qualquer turista literalmente de boca aberta!

Interior da Estação de Trem São Bento

Um pouco da história da Estação de Trem São BentoLinha_Subtitulo

 

Inaugurada em 1915, a Estação de Trem São Bento- projetada pelo arquiteto Marquês da Silva – foi construída no local onde existiu o Convento de São Bento de Avé-Maria, razão pela qual recebeu o nome de São Bento.

Fachada da Estação de Trem São BentoFachada da Estação de Trem São BentoFachada da Estação de Trem São BentoDetalhes da arquitetura da Estação de Trem São BentoDetalhes da fachada da Estação de Trem São Bento

As paredes do hall principal da Estação de Trem São Bento são totalmente cobertos por 20 mil “esplêndidos azulejos” que retratam episódios da história de Portugal, em especial aqueles passados no Norte do país. Entre eles, destacam-se: o Torneio de Arcos de Valdevez; a entrada de D. João I no Porto para celebrar o casamento com D. Filipa de Lencastre (1387) e a conquista de Ceuta, em 1415 .

Interior da Estação de Trem São BentoInterior da Estação de Trem São BentoInterior da Estação de Trem São BentoDetalhe no Teto da Estação de Trem São BentoParedes internas da Estação de Trem São BentoO artista Jorge Colaço, considerado o mais famoso azulejador em Portugal naquela época, levou 11 anos para completar a obra. Os azulejos utilizados no painel foram produzidos pela Fábrica Cerâmica Lusitana.

Pinturas nos azulejos da Estação de Trem São Bento

Pinturas nos azulejos da Estação de Trem São BentoPinturas nos azulejos da Estação de Trem São BentoPinturas nos azulejos da Estação de Trem São BentoPinturas nos azulejos da Estação de Trem São BentoPinturas nos azulejos da Estação de Trem São BentoPinturas nos azulejos da Estação de Trem São BentoPinturas nos azulejos da Estação de Trem São Bento

Na parte superior do painel, um friso colorido retrata a história dos transportes em Portugal, desde  o princípio até a inauguração da estrada de ferro.

Pinturas nos azulejos da Estação de Trem São Bento

Pinturas nos azulejos da Estação de Trem São BentoPinturas nos azulejos da Estação de Trem São Bento

Na figura abaixo, uma homenagem aos trabalhadores da Estação do Porto na comemoração do 75º Aniversário da chegada do primeiro trem. Da esquerda para a direita: arquitecto Marques da Silva (autor do projeto do edifício), engenheiro Hippolyte de Barreé (projetou e construiu o túnel) e o pintor Jorge Colaço (autor dos painéis de azulejo).

Detalhes da parte interna da Estação de Trem São Bento

Localizada no coração da cidade do Porto, a Estação de Trem São Bento, sem dúvida alguma, é um dos lugares que o turista não deve deixar de visitar. Passamos por lá na última terça-feira (30) e ficamos encantados!

Você já visitou a Estação de Trem São Bento? O que achou?

 

INFORMAÇÕES ÚTEISLinha_Subtitulo

–  Localização da Estação de Trem São Bento:

  • Praça Almeida Garrett, 4000-069 – Porto/Portugal;

–  Horário de Funcionamento:

  • Das 5h às 1:40h;

– Entrada gratuita;

 

POSTS RELACIONADOSLinha_Subtitulo

–  Roteiro de 8 horas na Cidade do Porto (Parte I);

Roteiro de 8 horas na Cidade do Porto (Parte II)

 

 

 

*Em arquitetura, mansarda é o nome dado à janela disposta sobre o telhado de um edifício. O francês François Mansart foi o arquiteto responsável por popularizar esse elemento arquitetônico. Daí a origem do nome.